23 junho 2024

Dia do Orgulho Nerd no Acre: a história de sucesso da Comic Nerd e ANAC

Por Aikon Vitor, da Folha do Acre

Date:

O Dia do Orgulho Nerd é celebrado em todo o mundo no dia 25 de maio, mas no Acre, essa data ganha um significado especial graças à Comic Nerd e à Associação de Nerds do Acre (ANAC). Tudo começou quando um entusiasta da cultura nerd, ao se mudar para o Acre em 2014, percebeu a falta de eventos abrangentes que reunissem diferentes públicos nerds. Foi então que nasceu a ideia de criar um evento que pudesse trazer todos juntos, desde fãs de anime até entusiastas de cinema e games.

A Origem da Comic Nerd
Inspirado por grandes convenções como a Comic Con Experience (CCXP) no Brasil, a Comic Con de San Diego nos Estados Unidos e a Comic Con Japão, o fundador da Comic Nerd decidiu que o Acre merecia ter sua própria conferência. Entre 2015 e 2019, ele estudou o mercado, analisou eventos similares e planejou cuidadosamente cada detalhe. Finalmente, em 2019, a primeira Comic Nerd foi realizada, homenageando os 30 anos do Jaspion no Brasil.
O sucesso do evento de 2019 demonstrou que havia um público entusiasta e ávido por mais. Esse sucesso inicial incentivou a fundação da Associação de Nerds do Acre (ANAC) em 2020, mesmo em meio à pandemia. A ANAC nasceu da união de pessoas que participaram da Comic Nerd e que viam a necessidade de fortalecer a cultura nerd no estado. A associação foi a primeira do gênero no Brasil a ser formalmente registrada, com CNPJ, estatuto e regimento interno.
Desde a sua fundação, a ANAC tem sido fundamental na organização de diversos eventos que celebram a cultura nerd. Em 2020 e 2021, apesar das dificuldades impostas pela pandemia, a associação continuou ativa. A cada ano, a Comic Nerd homenageia uma figura ou franquia icônica: Star Wars em 2022, Naruto em 2023, e Harry Potter em 2024.
Neste Dia do Orgulho Nerd, a ANAC se uniu à Ordem dos Corvos, um grupo dedicado ao swordplay – uma prática que envolve combate simulado com espadas, inspirado em técnicas de esgrima e artes marciais históricas. Juntos, eles organizaram atividades especiais para comemorar a data, trazendo uma experiência única para os fãs da cultura geek com um evento com o tema medieval, chamado “The Kingdom ferro e sangue”.
“Eu costumo dizer na brincadeira que a comic nerd foi criada assim, quatro amigos sem nenhum real no bolso e um sonho. E a gente foi correr atrás e deu certo. E a Anac não, já veio mais pessoas que gostaram do evento de 2019, que aderiram ao movimento, que viram a necessidade de fazer com que a cultura nerd no estado se potencializasse, e nós criamos a associação de nerds do Acre. Foi a primeira associação de nerds do Brasil, registrada com CNPJ, tudo bonitinho, com ata de fundação, estatuto, regimento interno,” afirmou Hecton Magalhães, arquiteto e urbanista de 40 anos, fã da cultura geek e um dos fundadores da ANAC.
O universo da cultura nerd no Acre também está vivenciando uma revolução tecnológica graças ao empreendedor local Vitor Kennedy, de 20 anos. Participando de um evento promovido pela Associação de Nerds do Acre (ANAC), Vitor traz uma inovação que está encantando os participantes: os jogos de realidade virtual.
Vitor Kennedy, um jovem apaixonado por tecnologia e inovação, percebeu uma lacuna significativa no mercado de entretenimento de Rio Branco. “Cara, como a gente está focado num nicho de games e a gente tem essa estrutura aqui de realidade virtual que é uma parada que está crescendo no mercado atualmente, ainda mais com as notícias do mundo afora isso aqui no nosso estado, principalmente na cidade, que eu acho que ela carece muito dessa tecnologia, desse tipo de entretenimento,” comenta Vitor. Ele identificou uma oportunidade de trazer experiências de realidade virtual para o público local, algo que muitos só conheciam através de vídeos na internet.
Durante o evento de cultura nerd organizado pela ANAC, Vitor instalou uma estação de realidade virtual que rapidamente se tornou uma das atrações mais populares. Os visitantes puderam experimentar jogos e simulações em um ambiente imersivo, algo inédito para muitos. “Algumas pessoas não têm aquele poder aquisitivo para adquirir um produto desse, um equipamento desse, e a gente quer trazer essa experiência para essas pessoas que não têm esse poder aquisitivo,” explica Vitor, destacando a importância de democratizar o acesso a novas tecnologias.
O mundo dos cosplay que é a prática de se fantasiar e interpretar personagens de filmes, séries, jogos, quadrinhos, animes e outros elementos da cultura pop vem ganhando cada vez mais destaque no Acre, através de eventos como esse da ANAC. Wellington Vidal, de 25 anos, estudante de jornalismo e cosplayer desde 2015, compartilha sua paixão por essa forma de arte e como ela tem se desenvolvido no estado.
Wellington Vidal descobriu o cosplay em 2015 e, desde então, tem se dedicado a essa arte que permite aos fãs dar vida a seus personagens favoritos de filmes, séries, jogos, quadrinhos e livros. “Eu gosto bastante porque eu acho que é uma forma de você trazer cultura para o nosso estado e vivenciar os personagens que vocês tanto amam,” diz Wellington. Para ele, o cosplay não é apenas um hobby, mas uma maneira de se expressar e conectar com outras pessoas que compartilham os mesmos interesses.
Para muitos, como Wellington, o cosplay é mais do que vestir um traje – é uma forma de escapismo e expressão pessoal. “Muitas pessoas acabam achando uma válvula de escape fazendo os personagens que elas gostam de assistir e jogar ou que leem uns quadrinhos ou livros e dão vida a eles através dessa fantasia que é o cosplay,” explica. Essa prática permite que os participantes explorem diferentes aspectos de suas personalidades e se conectem profundamente com as histórias e personagens que amam.
Os eventos organizados pela ANAC têm sido fundamentais para a promoção e valorização do cosplay no Acre. Ao oferecer um espaço onde os cosplayers podem se reunir, exibir seus trajes e participar de competições, a ANAC está cultivando uma comunidade vibrante e acolhedora. “Eu sou cosplay desde 2015. Essa arte é uma arte que vem de fora, mas que está aqui no nosso estado já há mais de dez anos,” comenta Wellington, destacando a importância da continuidade desses eventos para o crescimento do cosplay local.
Segundo Vidal, a prática do cosplay em eventos da ANAC não só enriquece a cena cultural do Acre, mas também promove a inclusão e o espírito comunitário. “O cosplay acaba sendo uma forma muito boa de você conseguir juntar um hobby com seus gostos pessoais realmente,” afirma Wellington. Ao participar desses eventos, cosplayers têm a oportunidade de fazer novas amizades, compartilhar técnicas e inspirações, e sentir-se parte de algo maior.
A cultura nerd no Acre tem encontrado um espaço vibrante e acolhedor através dos eventos organizados. Esses encontros são mais do que simples eventos – são oportunidades essenciais para a socialização e construção de comunidades entre jovens nerds. Ana Carolina, de 19 anos, estudante e entusiasta da cultura nerd, compartilha como esses eventos têm influenciado positivamente sua vida.
Para muitos jovens nerds, como Ana Carolina, os eventos promovidos pela ANAC são um refúgio acolhedor. “Eu acho esses eventos aqui no Acre muito importantes, porque a gente que é nerd, a maioria assim é meio tímido, né? Aí não tem muito lugar pra sair,” explica Ana Carolina. A timidez, um traço comum entre muitos entusiastas da cultura nerd, muitas vezes dificulta a socialização em ambientes tradicionais. No entanto, os eventos da ANAC proporcionam um ambiente onde todos se sentem à vontade para serem eles mesmos.
Unindo a Comunidade
Os eventos organizados pela ANAC desempenham um papel crucial na união da comunidade nerd. “Eu acho muito legal porque une a galera, né? Muita gente se conhece nesses eventos, se junta, os cosplayers e tal,” diz Ana Carolina. Esses encontros permitem que jovens com interesses semelhantes se conectem, compartilhem experiências e formem amizades duradouras. Para muitos, é uma chance de conhecer pessoas que compartilham paixões por jogos, animes, filmes e quadrinhos.
A estrutura dos eventos da ANAC é pensada para incentivar a interação e a socialização. Desde competições de cosplay até áreas dedicadas a jogos e discussões sobre temas nerds, há inúmeras oportunidades para os participantes se envolverem e se conhecerem. A atmosfera inclusiva e acolhedora faz com que mesmo os mais tímidos se sintam confortáveis para se expressar e participar.

Últimas