23 junho 2024

“A manifestação de vocês é pedagógica”, diz Edvaldo ao destacar denúncia feita por policiais femininas contra presidente do Iapen

Assessoria

Date:

Em discurso nesta terça-feira (21), na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), o deputado estadual Edvaldo Magalhães (PCdoB) saiu em defesa das policiais penais, que procuraram o parlamento acreano para denunciar assédio moral praticado pelo presidente do Iapen, Alexandre Nascimento. O parlamentar disse que a manifestação feita hoje é “pedagógica”.

“A manifestação de vocês é pedagógica. Isso vai chamar a atenção de muita gente. Tem um monte de boçal dentro das secretarias assediando as mulheres. Todo mundo sabe disso. Tem um monte de gente que tem medo de denunciar, tem medo de perder o emprego porque não são permanentes. Terceirizados que tem medo de denunciar, que ao denunciar tem medo de perder a sua condição de sobrevivência. Mas, vocês concursadas, de carreira, trazem um grito libertário. Por isso, parabéns, mulheres, policiais penais. Contem com essa Casa”, disse Edvaldo Magalhães.

Em outro trecho de sua fala, o parlamentar disse que a denúncia “é gravíssima” e deve ser apurada. “Quando alguém põem assinatura, não é porque o caso é grave não, é porque o caso é gravíssimo. Quando uma servidora resolve se expor, e tem coragem de denunciar um assédio moral é poque já passou do limite há muito tempo”, reforçou.

O parlamentar ressaltou ainda que a postura do governador Gladson Cameli (PP) deveria ser diferente, de acolhimento.

“Hoje, o que as policiais penais estão fazendo já é a segunda grande manifestação de categorias que se sentem oprimidas, que falam e ninguém escuta. Mas, a primeira providência que o governo faz é a defesa do agressor. Para ter isenção, é preciso dizer antes: nós vamos apurar. A essas trabalhadoras é preciso dar o crédito. Isso não é isenção. Isso já parte de uma tomada de posição, machista”, frisou.

Últimas