23 abril 2024

Policial penal acusado de matar jovem na Expoacre será ouvido em audiências preparatórias

Redação Folha do Acre

Date:

Nesta quarta-feira (3), Raimundo Nonato Veloso da Silva, policial penal acusado de estar envolvido na morte de Wesley Santos da Silva durante a Expoacre de 2023, comparecerá à Vara do Tribunal do Júri Popular, situada na Cidade da Justiça em Rio Branco (AC), para uma série de audiências preparatórias. A data do julgamento em júri popular ainda está pendente, enquanto Veloso permanece sob custódia da justiça desde a revogação de sua liberdade provisória em outubro do ano passado a pedido do Ministério Público do Acre (MP-AC).

As acusações contra Veloso incluem homicídio, tentativa de feminicídio e importunação sexual contra a namorada da vítima, Rita de Cássia, que também foi baleada durante o incidente. A prisão preventiva do policial foi decretada pela Câmara Criminal do Tribunal de Justiça, que considerou suas ações “gravíssimas” e uma ameaça à ordem pública.O crime ocorreu durante a celebração do aniversário de Wesley na Feira Agropecuária.

Segundo informações da Polícia Militar (PM-AC), os disparos aconteceram enquanto a equipe policial encerrava a festa devido ao horário excedido. Wesley e Rita foram baleados quando deixavam o local.Rita, em seu depoimento à polícia enquanto estava hospitalizada, descreveu o comportamento agressivo de Veloso, que estava visivelmente embriagado e importunando mulheres durante o evento. Ela relatou que os disparos ocorreram após uma intervenção de seu namorado.Com a aceitação do caso pela Justiça e a pronúncia do policial, ele agora aguarda julgamento pelo Tribunal do Júri Popular, cujo processo avança com as audiências marcadas para hoje.

Últimas