16 junho 2024

Acre recebe autorização para exportar carne bovina para o Canadá

Redação Folha do Acre

Date:

Uma decisão da Agência Canadense de Inspeção Alimentar (CFIA) vai permitir que o Acre e mais cinco estados exportem carne bovina para o Canadá. A decisão foi anunciada pelo Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) na última segunda-feira (5).

Acre, Paraná, Rio Grande do Sul e Rondônia, além de 14 municípios do Amazonas e cinco de Mato Grosso, são as áreas beneficiadas pela decisão. O estado de Santa Catarina já era autorizado para a exportação.

De acordo com o Mapa, essas são zonas reconhecidas como livres de febre aftosa sem necessidade de vacinação e com aval da Organização Mundial de Saúde Animal (WOAH).

O presidente do Instituto de Defesa Agropecuária do Acre (Idaf), Francisco Thum, ressalta que o Acre já tem licença para exportar carne bovina para outros países como Peru, República Dominicana, Arábia Saudita, Uruguai, Paraguai e a ilha de Hong-Kong.

“Ainda aguardando pelo resultado das missões internacionais que avaliaram o Estado, no caso a República das Filipinas e China”, salienta.

Pela decisão, os estados poderão importar carne bovina maturada, desossada e sem linfonodos para o país do extremo norte da América. Antes, porém, os estados deverão atualizar os certificados de exportação para cumprir com os requisitos.

A decisão foi comemorada pelo secretário de Indústria, Ciência e Tecnologia do Acre (Seict), Assurbanipal Mesquita.

“O Acre vem fazendo seu dever de casa. Com o reconhecimento do Canadá, que é um mercado muito exigente, nossa indústria poderá se habilitar para outros países interessados. Há que se destacar o esforço e a capacidade da nossa indústria que vem se esforçando em cumprir os requisitos e se adequar as exigências”, disse.

Em 2023, segundo o Mapa, o Canadá importou mais de 8 milhões de quilos de carne bovina brasileira, um investimento de U$ 39 milhões o equivalente a R$ 194 milhões.

G1

Últimas