24 abril 2024

A convite de Alan Rick, Gonzaga debate com ministro e senadores maior oferta de voos e passagens mais baratas na Amazônia Legal

Por Anderson Bodanese, da Folha do Acre

Date:

O presidente da Assembleia Legislativa do Acre, deputado Luiz Gonzaga, participou nesta terça-feira (20) de reunião com o ministro do Turismo, Celso Sabino, e o senador Alan Rick, no Senado Federal, para tratar sobre maior oferta de voos e preços de passagens mais acessíveis entre os estados da Amazônia Legal.

A reunião aconteceu a convite do senador Alan Rick, que reconhece a luta de Luiz Gonzaga pelo desenvolvimento do Acre e parcerias comerciais com estados da Amazônia e países vizinhos como Peru e Bolívia.

Gonzaga agradeceu ao senador Alan pelo convite e afirmou que o debate para melhorar a malha viária do Acre e impulsionar o turismo e relações comerciais entre os estados da Amazônia Legal é fundamental para o desenvolvimento dessa região tão importante para o mundo.

“Este debate e aprovação do projeto de lei de autoria do senador Alan Rick é importante, pois vai gerar emprego e renda e impulsionar a economia do Acre através do turismo e comércio entre os estados e países da América do Sul”, disse.

O ministro Celso Sabino destacou a importância do Acre para o turismo brasileiro e afirmou que o governo irá debater mecanismos pra garantir um maior número de voos para a Amazônia Legal. Ele também pediu que o povo brasileiro visite o Acre.

“A Amazônia Legal concentra hoje a atenção do mundo inteiro e ainda é carente de conexão aérea. Nossa intenção é levar esse debate adiante e proporcionar ainda mais melhorias para a Amazônia. Venham para a Amazônia e conheçam o Acre”, disse o ministro.

Alan Rick agradeceu Gonzaga e ao ministro Sabino pela parceria e afirmou que continuará lutando para que a Amazônia Legal tenha uma oferta maior de voos com qualidade e preço justo.

“Quero agradecer ao presidente da Aleac, Luiz Gonzaga, e ao ministro Celso Sabino pelo apoio aos nossos projetos para a aviação, como o que permite que empresas sul-americanas operem voos de cabotagem nos estados da Amazônia Legal. Seguimos trabalhando para superar os desafios da aviação no Acre e garantir que esse projeto seja aprovado”, concluiu o senador.

Últimas