20 junho 2024

Padrasto é preso acusado de estuprar enteada de 11 anos no Acre

Por Aikon Vitor, estagiário da Folha do Acre

Date:

A prisão de C.L.S. em Feijó, interior do Acre, ocorreu nesta segunda-feira (22), sob acusação de estuprar sua enteada de 11 anos. Conforme o depoimento da vítima, os alegados abusos teriam começado quando ela tinha 7 anos. A notificação do crime à Polícia ocorreu após a decisão da tia da menina em registrar um boletim de ocorrência. No depoimento, a tia menciona que a vítima teria comunicado os abusos à mãe anteriormente, mas esta optou por não procurar a Delegacia.

Diante da ausência de apoio materno, a criança buscou relatar os supostos abusos a outros membros da família. No depoimento adicional, a vítima alega que os incidentes ocorriam principalmente quando ela estava dormindo.

A taxa de estupro de vulnerável no Acre é de 50,6 casos por cada 100 mil habitantes, os dados do Datasus revelam uma preocupante realidade no Acre em relação à violência sexual. Em 2022, foram registrados 3.872 casos de violência sexual, sinalizando um número alarmante de ocorrências. Comparativamente, em 2021, houve 20 registros de divulgação de cena de estupro ou de estupro de vulnerável, de cena de sexo ou de pornografia. Contudo, essa cifra aumentou para 27 casos em 2022.

Últimas