23 junho 2024

Gladson defende câmeras corporais, elogia Lula e prega renovação da direita

CNN

Date:

Aliado do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), o governador do Acre, Gladson Cameli (PP), fez elogios ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e disse à CNN que o estado vai encampar uma medida que é criticada por bolsonaristas: o uso de câmeras corporais nos uniformes dos policiais.

“Estou só aguardando as normativas do Ministério da Justiça para adotar as câmeras. Não vejo resistência da PM à medida”, afirmou Cameli.

O governo federal deve publicar em fevereiro as diretrizes nacionais para o uso de câmeras corporais pela polícia após uma consulta pública que está sendo feita e vai até 26 de janeiro.

As diretrizes do governo não são obrigatórias e sofrem resistências nos estados governados por aliados de Bolsonaro.

Cameli também fez elogios ao presidente Lula e disse que seu partido, o PP, não é de oposição. “Lula está sendo um bom presidente, como sempre foi desde o primeiro mandato. O PP é centro e não de oposição, tanto é que está no governo”, afirmou.

O governador ainda criticou a estratégia de Bolsonaro de não aceitar a inelegibilidade e interditar o debate sobre a formação de novas lideranças para disputar à Presidência em 2026.

“A história mostrou que é um erro. É preciso abrir agora na oposição essa discussão sobre 2026 e não deixar para a prorrogação do 2° tempo.”

O governador disse estar “tranquilo e confiante” em relação à reunião do STJ no dia 22 de fevereiro que vai avaliar o pedido da Procuradoria-Geral da República para que ele seja imediatamente afastado do cargo por suposta fraude no direcionamento de licitações.

“Estou respondendo, me defendendo e governando”, disse o governador.

Últimas