23 junho 2024

Duro golpe contra o crime: Polícia Civil prende 19 integrantes de facção no Acre

Ascom Polícia Civil

Date:

Na manhã desta terça-feira, 23, a Polícia Civil do Acre (PCAC) deflagrou a segunda fase da Operação Reduto, como parte da Operação Protetor. A ação ocorreu nos municípios de Tarauacá, Feijó e Cruzeiro do Sul, como resultado de investigações iniciadas no ano passado.

Ao todo, foram concedidos 43 mandados judiciais, abrangendo prisões preventivas e buscas e apreensões domiciliares e 19 indivíduos foram presos preventivamente, enquanto um auto de prisão em flagrante delito foi lavrado durante a operação.

A ação policial mobilizou 60 policiais civis, com apoio logístico e operacional do Departamento de Polícia da Capital e do Interior (DPCI), a Coordenadoria de Recursos e Operações Especiais (Core), o Núcleo Especializado de Investigações Criminais (NEIC/Cruzeiro do Sul), a Delegacia Geral de Rodrigues Alves, de Feijó e de Tarauacá também participaram da deflagração.

A Delegacia de Repressões às Ações Criminosas Organizadas (Draco) liderou a operação, com o objetivo de dar continuidade às ações desenvolvidas pela delegacia especializada. “O foco é retirar de circulação e colocar à disposição do sistema criminal de justiça indivíduos envolvidos em organizações criminosas, que cometem diversos crimes, incluindo roubos, porte de arma de fogo e tráfico de drogas”, informou o delegado titular da Draco, Dr., José Adonias.

Os objetos, materiais e aparelhos celulares apreendidos durante a operação policial servirão como subsídios para os trabalhos investigativos já realizados, além de fornecerem elementos para novas investigações. A Operação Reduto reforça o compromisso da Polícia Civil do Acre no combate à criminalidade e na promoção da segurança pública na região.

Últimas