23 junho 2024

Advogado nega que seu cliente tenha assassinado namorada grávida em Rio Branco

Redação Folha do Acre

Date:

Após Luiza Costa, 42 anos, grávida de oito semanas, ter sido encontrada morta na madrugada de segunda-feira, 1°, com sinais de enforcamento na casa que morava no bairro Conquista, em Rio Branco, o namorado que estava na companhia da vítima, identificado apenas com as iniciais D.O.R, acabou sendo o principal suspeito do crime, porém, o advogado Romano Gouveia, disse em entrevista à TV 5 na manhã desta quinta-feira, 4, que seu cliente é inocente e não tem envolvimento na morte da então namorada.

O defensor alegou que é precipitado apontar o homem como suspeito e disse que ele foi agredido por Luiza, conforme mostrou através de imagens. Além disso, Gouveia conta que a mulher teve um surto psicótico antes de ter sido encontrada sem vida. “Ele e os colegas que ali se encontravam passaram em três residências e mas três ela teve um pouco de surto e na última foi que ele ficou fora dela. Nós temos comprovação de imagens e vídeos de lesões que se encontram com ele”, comentou.

O advogado descarta também que o jovem tenha fugido do local, alegando que ele esteve na cena do crime por mais de 2 horas. Segundo Romano, o suposto acusado é o trabalhador. “Ele trabalha em uma das maiores empresas do Acre a muito tempo, não vou citar nomes. A defesa provará sua inocência e as coisas ficarão claras”, declarou.

O caso está sendo investigado pela Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam). Luzia foi sepultada na manhã de terça-feira, 2, e deixou dois filhos. O laudo ainda não foi divulgado pela perícia técnica.

Com informações Ac24horas

Últimas