21 junho 2024

Professor do Ifac denunciado por torturar aluno de 16 anos é alvo de investigação do Ministério Público

Redação Folha do Acre

Date:

O professor denunciado por torturar um estudante, de 16 anos, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Acre (Ifac), Campus Xapuri no interior do Acre, também é alvo de uma investigação do Ministério Público Estadual (MP-AC).

Ele foi preso na última quinta-feira (14) após se apresentar à delegacia do município. Na última segunda (18), o professor foi transferido para o Complexo Prisional de Rio Branco.

Nesta quarta (20), o MP-AC divulgou que instaurou um procedimento investigatório criminal para ‘apurar as circunstâncias do fato, para ao final, se for o caso, propor a ação penal ou promover o arquivamento dos autos’.

Uma uma equipe de servidores do MP-AC foi montada para ‘cumprimento de diligências necessárias para elucidação dos fatos’.

A suposta agressão teria ocorrido no final do mês de novembro fora das mediações do Ifac. Na época, o professor foi afastado do cargo.

Familiares do adolescente procuraram a delegacia para denunciar o caso e foi aberto um inquérito para apurar a situação.

A reportagem não conseguiu contato com a defesa do suspeito.

Prisão e apreensão

De acordo com a Polícia Civil, um mandado de busca e apreensão foi cumprido na casa do professor enquanto ele comparecia com advogados à unidade policial. De acordo com a delegada Michele Boscaro, foram recolhidos objetos relacionados ao caso, entre eles, um rifle calibre 22 e chicotes.

“Não podemos permitir que nossos adolescentes sejam vítimas de qualquer tipo de violência. A Polícia Civil de Xapuri está atenta e trabalhando intensamente para apurar todas as ocorrências registradas”, resumiu.

G1

Últimas