20 junho 2024

Polícia Civil investiga denúncia de agressão envolvendo professor do Ifac em Xapuri

Redação

Date:

A instituição toma medidas administrativas e afasta preventivamente o docente enquanto a polícia apura os fatos.

No último mês, a Polícia Civil do Acre abriu uma investigação para apurar uma denúncia de agressão envolvendo um professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Acre (Ifac), no Campus Xapuri. O incidente, que teria ocorrido fora das dependências da instituição, teve como suposta vítima um aluno de 16 anos.

A delegada Michele Boscaro, responsável pela apuração do caso, confirmou que a investigação foi iniciada em resposta à denúncia feita pelos familiares do adolescente. “A família nos procurou, fez o registro da ocorrência, e houve a instauração do inquérito para apuração dos fatos. Estamos com diligências em andamento”, afirmou a delegada.

Um vídeo feito em uma das aulas do professor, o mostra bastante nervoso ao ponto de esmurrar a mesa na frente dos alunos. O aluno comentou que todos ficaram muitos nervosos no momento do ocorrido. “Tem mais vídeos de outras situações”, comentou o aluno.

O Ifac foi notificado da situação e, em resposta, adotou medidas administrativas, conforme explicou a chefe de Polícia. Em nota oficial, a instituição destacou a gravidade do incidente e anunciou a abertura de um procedimento administrativo interno para investigar minuciosamente o ocorrido.

O professor envolvido na denúncia foi afastado preventivamente, seguindo os protocolos internos da instituição. Em comunicado, o Ifac reiterou seu compromisso com ética, respeito e segurança, repudiando veementemente qualquer forma de violência. A nota assegura a colaboração integral com as autoridades competentes, visando à elucidação completa dos fatos e à adoção das medidas administrativas previstas na legislação.

A sociedade aguarda o desfecho das diligências para entender os desdobramentos do caso e as eventuais consequências legais que podem surgir.

O Alto Acre

Últimas