19 junho 2024

Em primeiro ano de mandato, Socorro Neri se destaca em importantes comissões na Câmara Federal

Por Gina Menezes

Date:

A deputada federal Socorro Neri encerra seu primeiro ano como parlamentar com importantes destaques em seu trabalho, com forte trabalho em prol do Acre com milhões de reais em emendas parlamentares destinados aos municípios do Acre e compondo importantes comissões na Câmara Federal.

No primeiro ano de mandato, Socorro Neri foi indicada em todas as categorias do prêmio Congresso em Foco, entre elas, de defesa da educação, área na qual sempre atuou.

Socorro Neri foi eleita, no início do mandato, como  primeira-vice-presidente da Comissão de Educação. Ela também é vice-presidente  da Frente Parlamentar pela Inclusão e Qualidade e e na Educação Particular. A parlamentar também é membro titular do Grupo de Trabalho da Câmara dos Deputados sobre a política de combate à violência nas escolas brasileiras e de diversos projetos importantes  na área da educação como por exemplo o PL 319/2015 que altera a Lei de Diretrizes Básicas da Educação Nacional, que visa capacitar professores para apoio ao aluno com deficiência.

A respeito do bom trabalho realizado na Câmara dos Deputados, Socorro Neri diz que busca sempre honrar os votos recebidos.

“Em 2023, trabalhei firme na defesa dos interesses dos acreanos na Câmara dos Deputados, sempre comprometida com a transparência e a eficiência pública”, diz.

Vale frisar que apesar da identificação que Socorro Neri tem com a área da Educação ela também atuou em outras áreas. A parlamentar  é membro da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Membro da Comissão de Direto da Mulher e vice-presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Amazônia. Socorro Neri também é coordenadora de grupos de trabalho em 7 Frentes Parlamentares.

“Neste ano, estive em diversos eventos nacionais e internacionais, promovi seminários e audiências públicas na Câmara dos Deputados, atuei em frentes parlamentes e grupos de trabalho. Em 2024 seguiremos nossa agenda em defesa de interesses coletivos importantes”, diz.

Últimas