2 março 2024

Suspeito de participar de chacina que matou 6 no Taquari é solto em audiência de custódia

Redação

Date:

Na última terça-feira, 9, Tony da Costa Matos, de 35 anos, ganhou liberdade provisória após participar de uma audiência de custódia promovida pela Vara de Plantão. A decisão da soltura de Tony é da juíza Andrea da Silva Brito e contou com a anuência do promotor de justiça, Rodrigo Curti, do Ministério Público do Acre.

Apontado pela Polícia Militar como sendo membro da facção criminosa Bonde dos 13, ele foi preso na segunda-feira, 6, pelos homens do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) por ser suspeito de ter participado da chacina ocorrida na noite da última desta sexta-feira, 3, dentro de uma residência no bairro Taquari, no Segundo Distrito de Rio Branco. A prisão do suspeito aconteceu em uma residência na mesma travessa onde aconteceram as mortes.

A Polícia Militar recebeu a denúncia de que numa residência da Travessa Morada do Sol estava um dos envolvidos na troca de tiros entre as organizações criminosas Bonde dos 13 (B13) e Comando Vermelho (CV), que resultou nas mortes de seis pessoas e uma ferida com um tiro na boca.

A polícia se deslocou até a casa e Tony da Costa abriu a janela e se entregou aos policiais. O criminoso informou possuía uma arma de fogo e autorizou a entrada dos militares na residência. Debaixo do colchão de Tony foi encontrada uma espingarda calibre 12 com quatro cartuchos intactos.

Ele relatou aos policiais que encontrou a arma de fogo jogada no quintal da sua casa e guardou. Tony disse ainda que o corte que estava na sua perna ocorreu quando correu para não ser ferido com um tiro durante a troca de tiros.

Entenda o caso

Seis pessoas foram mortas a tiros e uma pessoa identificada como José Weverton Nascimento Rosa, 18 anos, ficou ferida com um projétil na boca na noite da última sexta-feira, 3, dentro de uma residência situada na Travessa Morada do Sol, no bairro Taquari.

Segundo a polícia, membros de uma organização criminosa rival (CV) estavam reunidos na casa, planejando tomar o território na facção que domina a região (B13). Membros da facção Bonde dos 13, descobriram a trama, chegaram em uma caminhonete modelo Frontier de cor branca, e invadiram a residência, onde efetuaram vários tiros.

O Alto Acre

 

Últimas