2 março 2024

Prejuízo: vendas despencam no Mercado do Bosque após morte por “doença do pombo”

Redação

Date:

O falecimento de Sandra Silveira Bezerra, uma vendedora de 49 anos, vítima da “doença do pombo”, tem gerado medo na população e impactado o movimento no Mercado do Bosque, em Rio Branco.

De acordo com relatos de lojistas, as vendas despencaram e o movimento no mercado caiu drasticamente após a morte da vendedora.

Após contrair a enfermidade no local de trabalho, Sandra recebeu cuidados médicos, sendo transferida da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) para a Fundação Hospitalar. Infelizmente, mesmo com os esforços da equipe médica, ela não resistiu e faleceu.

Este não é o primeiro caso associado à ‘doença do pombo’ no estabelecimento. Dois anos atrás, o empresário Ney Matos, proprietário do comércio onde a vítima atuava, também foi diagnosticado com a mesma condição, que resulta na Fibrose Pulmonar Cística.

Matos, após viajar para São Paulo em busca de diagnóstico, confirmou que a doença é proveniente de uma bactéria presente nas fezes dos pombos.

Informações O Acre Agora

Últimas