16 julho 2024

João Marcos ataca imprensa, diz não temer opinião pública e afirma que estava em boate porque apoia empreendedorismo noturno 

Por Gina Menezes

Date:

Após ser acusado de usar a caminhonete da Câmara de Rio Branco de forma irregular a noite em uma ida a uma casa noturna, o líder do prefeito na Câmara disparou ácidas críticas à imprensa, chamou os comunicadores de bandidos e afirmou que sua ida à boate se deu pelo fato de que ele apoia o empreendorismo noturno.

João Marcos alterou a voz, afirmou que sua ida à casa noturna se deu pelo compromisso que ele tem com o empreendedorismo.

“Eu tenho compromisso com o empreendedorismo e esse compromisso passa pelos comerciantes que trabalham a noite que muitas vezes são criminalizados. Eu sou vereador dentro de todo perímetro de Rio Branco. O mandato de um vereador é 24 horas”, diz.

O parlamentar se mostrou indignado com os jornalistas que noticiaram o flagrante da caminhonete alugada pelo Legislativo estacionada na porta de uma boate e chamou os profissionais de bandidos. O parlamentar também afirmou não ter medo da opinião pública.

“Não chamo de jornalistas, eu chamo de bandidos, tentando influenciar a sociedade. Eu não tenho medo da opinião pública. Eu não tenho medo, eu tenho respeito”, diz.

João Marcos Luz que paga uma empresa de comunicação para cuidar da sua imagem reclamou ainda que suas pautas positivas não tenham espaços na imprensa, especialmente nos sites.

“Porque vocês acham que eu apresento esse tanto de projeto e não sai na mídia e o meu carro em frente a uma boate está em todos os jornais aí? Os sites pouco divulgam nosso trabalho”, disse o vereador que ameaçou de processos jornalistas.

Últimas