20 fevereiro 2024

Governador Gladson Cameli participará de debates importantes na COP28, em Dubai

Assessoria

Date:

Líder da comitiva acreana que participará da 28ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP28) entre os dias 30 de novembro e 12 de dezembro, em Dubai, nos Emirados Árabes, o governador Gladson Cameli confirmou presença em agendas relevantes do maior evento global de discussões sobre a crise do clima.

O primeiro compromisso do chefe do Poder Executivo será participar de uma mesa-redonda com os governadores do Consórcio Brasil Verde, do qual o Acre faz parte, com outros dez estados. Durante o painel, serão discutidas medidas de combate ao desmatamento e a conservação e restauração de paisagens e florestas como eixo estratégico de cumprimento da meta climática.

Gladson Cameli também comparecerá à Assembleia-Geral de Coalizão, que terá como tema “Unindo líderes: ampliando ações multiníveis para fechar a lacuna da ambição”. O governador tratará ainda de assuntos relacionados à Amazônia, como a implementação de ações de desenvolvimento sustentável, integrado e competitivo, além do lançamento de um planejamento estratégico de transição econômica para a região.

“A COP28 é uma excelente oportunidade para debatermos os rumos do planeta e da humanidade. O Acre é exemplo mundial na preservação da natureza e vamos continuar trabalhando para aliar a proteção da floresta e o desenvolvimento do nosso povo. Tenho certeza que a nossa participação neste evento será exitosa e muito positiva para o nosso estado”, enfatizou o governante.

Com 85% do território preservado, o Acre tem conseguido, nos últimos anos, importantes avanços na área ambiental. Em resposta firme contra os crimes florestais, o governo conseguiu reduzir em 71% a derrubada ilegal da vegetação nativa e 41% referente aos focos de calor. Os dados são de janeiro a novembro de 2023 e comparativos ao mesmo período do ano anterior.

Além do governador, representantes da Secretaria de Meio Ambiente (Sema), Secretaria Extraordinária dos Povos Indígenas (Sepi), Instituto de Mudanças Climáticas (IMC), Companhia de Desenvolvimento e Serviços Ambientais (CDSA), Secretaria de Planejamento (Seplan), Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac), Procuradoria-Geral do Estado (PGE-AC) e Secretaria de Comunicação (Secom) acompanharão a conferência.

Últimas