24 fevereiro 2024

Governador busca reinício das obras de anel viário e recebe apoio do Dnit em Brasília

Agência de Notícias do Acre

Date:

O governador Gladson Cameli reuniu-se, nesta segunda-feira, 13, com o diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Trânsito (Dnit), Fabrício Galvão, buscando soluções para concluir a ponte e o anel viário de Brasileia e Epitaciolândia. Na ocasião, o chefe do Executivo do Acre recebeu a garantia de que aquele órgão fará o pagamento de obras já executadas até a próxima sexta-feira, 17, e de apoio para a continuidade do contrato visando viabilizar a construção.

Gladson Cameli reiterou a importância da obra para a população local, para o estado e para o próprio país por tratar-se da saída do Brasil para os portos do Oceano Pacífico, além dos benefícios econômicos e sociais para a região. “Preciso gerar emprego e renda para a população e isso só será possível com infraestrutura e aquecimento da economia”, disse Gladson Cameli.

O governador explicou, ainda, a necessidade de que, se não for possível a continuidade do contrato, o Estado possa realizar nova licitação para permitir a conclusão das obras o quanto antes.

“A ideia é que o governo do Acre reinicie as obras”, reforçou o diretor do Dnit destacando que o órgão é parceiro e está dando sugestões visando avanços neste sentido, quando garantiu que até esta sexta-feira, 17, estarão sendo liberados recursos para pagamento de obras executadas da referida ponte. Caso haja necessidade de nova licitação, ele também disse apoiar que isso seja feito pelo Estado que, lembrou, é quem executa as obras.

Na oportunidade, Gladson Cameli também tratou sobre outras obras de infraestrutura no Estado, como a construção do viaduto da Corrente, urgência para a reconstrução da BR-364 e para melhorias da BR-317.

Fabrício Galvão garantiu apoio às iniciativas e reafirmou o início da reconstrução da BR-364 no próximo verão. “Vamos iniciar as obras pelo trecho Sena Madureira-Feijó, chegando ao Rio Liberdade, que é um trecho bem complicado”, explicou ele, concluindo: “A gente quer reiniciar por ali para entregar uma nova BR-364 para o Estado do Acre”.

Últimas