16 julho 2024

Candidatos do Acre elegem matemática como a prova mais difícil do 2º dia de Enem: ‘fui no chutômetro’

Redação

Date:

Cansativa. Esta foi a avaliação de candidatos do Acre no segundo dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), aplicada neste domingo (12) em todo o Brasil. Além disto, matemática foi apontada como a disciplina mais difícil.

As provas de ciências da natureza, que englobam assuntos da área de física, química e biologia, também foram aplicadas em 45 questões de múltipla escolha.

No Acre, cerca de 16 mil candidatos estiveram aptos a realizar a prova para tentar uma vaga no ensino superior, já que 33,2% dos inscritos não compareceram no primeiro dia. Apesar de não haver nenhum impedimento para quem faltou o primeiro dia, os candidatos não podem zerar nenhuma área do conhecimento se quiserem concorrer a uma vaga em universidades públicas ou privadas.

Thaísla Barros, de 18 anos, disse que quer cursar Psicologia e que foi primeira vez que fez o Enem. No primeiro dia, contou que gostou da prova. Contudo, achou o segundo mais cansativo, principalmente matemática.

“As questões estavam muito confusas e a gente não conseguia entender de qual assunto era. Fui no ‘chutômetro’. De [Ciências da] Natureza deu até para raciocinar um pouco, tinha questões teóricas, mas matemática mesmo, até as fáceis estavam difíceis”, comentou.

A avaliação da designer de sobrancelhas Juliana Saady, de 18 anos, também foi similar. Apesar de ter considerado a prova difícil e cansativa, espera ter um bom resultado. Ela também fez o exame pela primeira vez.

“Todas as questões estavam muito difíceis, mas creio eu que quem se preparou, teve uma base, um cursinho, estudou em casa, que fez alguma coisa pra estudar, que consiga fazer uma boa prova, o que não é o meu caso. Mas espero que quem fez, tenha uma boa nota. É uma prova que você precisa se preparar muito”, frisou.

Informações G1

Últimas