17 julho 2024

Calegário comemora inauguração de ambulatório especializado em atendimento para transexuais e travestis

Assessoria

Date:

O Deputado Estadual Fagner Calegário celebrou a inauguração do ambulatório especializado em atendimento para transexuais e travestis que aconteceu nesta quarta-feira, 22. Calegário foi único parlamentar a contribuir com uma emenda para a instalação do ambulatório. O Deputado já havia anunciado a destinação na abertura da 16° Semana da Diversidade de Rio Branco.

A criação de um ambulatório com atendimento especializado para pessoas travestis e transexuais é um sonho antigo da comunidade lgbtqia+ no Estado do Acre. Há quase dez anos, o movimento social acreano busca por esse acesso e atendimento dentro do SUS, desde quando o Ministério da Saúde instituiu a portaria nº 2803 de 19 de novembro de 2013, mas foi apenas com o apoio do atual Secretario de Saúde Pedro Pascoal e o Deputado Estadual Fagner Calegário que esse sonho se tornou uma realidade.

O ambulatório atenderá pessoas transexuais, travestis e todos aqueles que não se reconhecem com o gênero designado no nascimento. Aqui no Acre, ele será apenas ambulatorial com atendimento especializado no processo transexualizador, acompanhamento clinico pré e pôs operatório e hormonioterapia. Além disso, a instalação contará com medico psiquiátrica, endocrinologista, enfermeiro, clinico, psicólogo, assistente social e médicos urologistas. Por enquanto, não existe uma previsão para que o ambulatório realize cirurgias de redesignação sexual.

O chefe do Núcleo de Populações Prioritárias e Vulneráveis da SESACRE, Nakágima Sanllay, agradeceu a sensibilidade do Secretario de Saúde e do Deputado Estadual com o assunto. “Isso é uma luta antiga do movimento e foi preciso apenas uma conversa com o Calegário e o Secretario Pedro para que pudéssemos evoluir com o assunto. A construção de um ambulatório é um grande passo na luta por mais saúde e reconhecimento. A intenção é que em 2024 a gente possa fazer também a dispensação dos hormônios”, afirmou.

Últimas