23 fevereiro 2024

Prefeito acompanha montagem dos últimos painéis do protótipo da casa do Programa 1.001 Dignidades

Assessoria

Date:

A primeira das 1.001 casas do Programa 1001 Dignidades já está quase pronta. O sonho de 1.001 famílias está ganhando forma. O autor e arquiteto do projeto confere os detalhes na montagem para que nada dê errado na data marcada para levantar as unidades habitacionais.

A primeira fase do programa iniciou com o reaproveitamento das toras que foram doadas. Depois veio o beneficiamento das madeiras, em seguida a construção dos painéis. A fase agora é de montagem desses painéis. A área da residência tem cerca de um metro e meio. Na parte interna tem cozinha e sala conjugadas, dois quartos e um banheiro.

A próxima fase será a construção das tesouras, seguida da confecção das portas e janelas. Toda a casa é montada no sistema de encaixe. O prefeito Tião Bocalom está acompanhando o projeto de perto. “Nós estamos mostrando como se faz um trabalho de qualidade com a madeira. Tem muitas casas aqui na cidade feitas desse tipo, mas não com essa qualidade”, diz o prefeito destacando que as casas serão confeccionadas com madeiras de espécies como ipê e maçaranduba. “São duas madeiras que aguentam chão, sol, concreto e tudo, tanto é que é a madeira mais cara que se tem hoje no mercado para fazer deck”.

Depois de todas as peças montadas o protótipo já estará pronto para ser replicado e montado em série. O prefeito explica que esta é a fase de corrigir. “Aqui a gente está agora corrigindo, trazendo do desenho que foi feito no computador, trazendo para prática para ver o que é que tem que não bateu, ou seja, alguns encaixes, alguma coisa que lá no computador você pensa que dá certo, quando você vai fazer na prática não dá. Então está sendo corrigido tudo isso. Por isso está demorando até um pouquinho para acabar de montar o primeiro protótipo.”

A prefeitura já começou a limpeza de uma das áreas onde serão construídas 400 casas. A entrega das 1.001 unidades habitacionais, será no segundo domingo de maio, no Dia das Mães, do ano que vem.

“Vai ser um presente para as mães. Imagina uma mãe que perdeu uma casa, como é o caso de muitas que perderam as casas nessas alagações que nós tivemos, pessoas que estavam morando em aluguel social”, destaca o prefeito.

Últimas