29 fevereiro 2024

Em evento nacional, Alan Rick discute desafios para levar internet às áreas rurais

Assessoria

Date:

Localidades ainda sem acesso à energia elétrica é um dos problemas estruturantes que impedem a conectividade no campo

O Senador Alan Rick, presidente da Comissão de Agricultura do Senado (CRA), foi um dos debatedores no seminário “Soluções para Conectividade Rural”, promovido pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e pela Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq).

No evento, realizado nesta quinta-feira, 26, na sede da CNA, em Brasília, o parlamentar falou sobre os desafios de conectar a zona rural à internet no seu Estado. “No Acre, aproximadamente 10% da população ainda não tem sequer eletricidade e, sem energia elétrica o acesso à internet fica comprometido. Nos estados da Região Norte, temos grandes desafios estruturantes para superar até podermos alcançar uma conectividade de qualidade para a zona rural”.

Entre os desafios citados está o investimento na recuperação e pavimentação das estradas vicinais (ramais) e construção de pontes, ações para as quais o parlamentar já destinou mais R$ 25 milhões, desde seu primeiro mandato como deputado federal. Com o acesso resolvido, o Senador explicou que programas como o Luz para Todos (antigo Mais Luz para a Amazônia) podem fornecer energia elétrica, viabilizando a instalação de redes de internet. Nas áreas ribeirinhas e comunidades isoladas, uma opção citada pelo presidente da CRA é a implantação de módulos de energia solar, realizada pela Energisa através do Programa Luz para Todos.

No Acre, está em andamento o Programa Infovia, com a implantação de cabos de fibra ótica para levar internet de alta velocidade aos municípios do interior. Para esta iniciativa, a Bancada Federal do Acre, sob coordenação de Alan Rick, destinou R$ 5,4 milhões, sendo R$ 1 milhão de autoria do Senador.

Durante o Seminário, ele também defendeu a necessidade de uma política tributária para reduzir os custos da energia elétrica no campo e na cidade, desde os equipamentos para as redes de transmissão até a tarifa de luz.

A partir deste encontro, ficou definida a criação de um Grupo de Trabalho com o objetivo de elaborar propostas legislativas e cobrar ações do Executivo que tornem realidade a Conectividade Rural em todo o Brasil. “Congresso e Governo devem se debruçar sobre esses problemas de infraestrutura para que o debate avance e se garanta o desenvolvimento e a inclusão digital das comunidades rurais”, encerrou Alan Rick.

Últimas