29 maio 2024

Deputado Tadeu Hassen clama por segurança nas fronteiras do Alto Acre

Assessoria

Date:

Nos últimos dias, o parlamentar Tadeu Hassen (Republicanos) vem realizando inúmero movimentos em suas redes sociais e articulações políticas com figuras públicas da segurança pública, destacando a importância e necessidade emergencial de assegurar a segurança na região de fronteira. O parlamentar que é uma representatividade ativa da população da região, afirma que a população clama por segurança. “Precisamos avançar, chegamos em um patamar inaceitável. Sobretudo com furtos e roubos no centro. Causando sensação de total insegurança nas famílias e comércio do Alto Acre” – afirma o parlamentar.

Mesmo o governo do Acre estando realizado inúmeras ações, com dedicação total da Secretaria de Segurança Pública, por meio das polícias civil e militar. A segurança na fronteira é uma tratativa nacional. O enfrentamento não é somente de pequenos assaltos, mas também de motos, carros, colocando em risco até mesmo estudantes que precisam andar diariamente na fronteira.

A prefeitura de Brasiléia e Epitaciolândia precisam de investimentos, suporte e apoio logístico. O Acre tem suas diferenças, e a fronteira suas peculiaridades, que precisam ser tratadas como uma prioridade nacional. Afinal, as fronteiras representam o principal acesso do crime organizado por facções, violência contra a mulher, além de entrada de drogas.

O parlamentar destaca que é única forma de assegurar segurança para as famílias, comércio e estudantes e uma ação em conjunto em todos os poderes ligados ao sistema de Segurança. “Precisamos assegurar o direito a segurança, para que um cidadão acreano tenha condições legais de recuperar seu bem, moto ou carro. Que em qualquer situação de risco, nossa população tenha garantias legais, que suas necessidades serão atendidas pelos poderes.

‘’Não estamos falando somente do aumento do quadro efetivo das polícias, destaco que é preciso o investimento em bases operacionais, partilhamento de informações de inteligência, monitoramento aérea pelos nossos rios e florestas. Além do combate à criminalidade, ao tráfico de drogas, também iremos alcançar e minimizar aos crimes ambientais”, destaca Hassen. De acordo com pesquisas, a região Amazônia da região é ideal para o cultivo de cocaína e maconha. Nessas áreas, avança do desmatamento é menos do que em outras localidades exclusivamente por conta da produção de drogas.

A segurança pública nas fronteiras do Brasil é um direito constitucional a toda população. O movimento tem como objetivo buscar compreender as dificuldades e desenvolver um plano estratégico que envolva ações em conjunto da prefeitura municipal de Brasileia e Epitaciolândia, governo do Acre e governo federal.

Últimas