24 fevereiro 2024

Após mortes e ataques, Segurança Pública realiza operação contra facções no Rosa Linda e Cidade do Povo

Assessoria

Date:

As viaturas iniciaram seu deslocamento com as sirenes ligadas, piscando na mesma sintonia em que os mais de sete carros andavam um atrás do outro nas ruas cheias de uma Rio Branco, às 16:30h. Em suas motos, o Grupamento de Intervenção Rápida Ostensiva (Giro) era o responsável por parar o trânsito para o pelotão de quatro rodas chegar mais rápido ao seu destino.

A ação que durou quatro horas, na tarde dessa sexta-feira, 6, nos bairros Rosalinda e Cidade do Povo é a Operação Saturação Integrada da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública do Acre (Sejusp) com os órgãos que compõem o Sistema Integrado de Segurança Pública do Acre (Sisp).

A operação é a união das policias em prol da segurança pública e tem o objetivo de trabalhar na modalidade de ponto fixo de abordagem, com barreiras e policiamento ostensivo de rotina, de forma preventiva, visando coibir a prática de ilícitos.

O secretario de Segurança Pública, coronel José Américo Gaia destaca a prioridade da Sejusp em levar a paz e a tranquilidade para a comunidades como a Cidade do Povo. “Estamos trabalhando de forma integrada, com o Sisp, Policia Militar, Civil, Penal, Grupo Especial em Fronteira (Gefron), Giro e Departamento Estadual de Transito (Detran) para de fato unirmos força em prol do bem maior que a segurança de todo cidadão e de todo local”, disse.

O coordenador da operação, capitão PM Maxwell Filipe Nascimento Oliveira, explica que este é um trabalho integrado da Sejusp, visando levar o Sisp para dentro de uma área que esteja apresentando algum tipo de problema. “Nós temos em torno de 30 profissionais envolvidos, desde o dia 15 de setembro, mas foi intensificado com os últimos acontecimentos na Cidade do Povo”.

Durante a operação nos dois bairros, foram abordados 38 veículos, 43 motocicletas, 23 pessoas a pé e 6 bicicletas. Não havendo prisões ou apreensões.

Últimas