26 fevereiro 2024

Voltamos ao início: Sesacre reforça uso de máscaras para enfrentar nova variante da Covid no Acre

Redação Folha do Acre

Date:

A Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) está intensificando as orientações para a população do Acre diante da identificação de uma nova variante do coronavírus Sars-CoV-2, conhecida como variante EG.5. O surgimento desta nova cepa tem chamado a atenção das autoridades de saúde em nível global e resultou na recomendação de medidas preventivas.

A decisão de reforçar as precauções ocorreu após a confirmação do primeiro caso da variante EG.5 no Brasil, em uma paciente de 71 anos em São Paulo. Pedro Pascoal, titular da Sesacre, esclareceu que, embora a variante tenha alta transmissibilidade, apresenta uma baixa patogenicidade, ou seja, menor potencial de causar casos graves da doença.

Para Edvan Meneses, chefe da Vigilância em Saúde da Sesacre, é essencial quebrar a cadeia de transmissão da variante. Ele enfatizou a importância do uso de máscaras, álcool em gel e a adoção de práticas de etiqueta sanitária como medidas cruciais para conter a propagação do vírus. Além disso, enfatizou que a vacinação completa, incluindo as doses de reforço, é fundamental para uma proteção eficaz contra a covid-19.

O Brasil já distribuiu cerca de 487 milhões de doses de vacinas, alcançando altas taxas de cobertura vacinal. Contudo, completar o esquema vacinal é fundamental para assegurar uma proteção mais abrangente contra a doença. Edvan Meneses observou que o Acre tem experimentado uma queda no número de casos, mas é necessário manter a vigilância devido à possibilidade de aumento de infecções em outras regiões.

Embora a Organização Mundial da Saúde (OMS) tenha oficialmente declarado o fim da pandemia em maio, é crucial lembrar que a covid-19 ainda representa um risco e que a adoção de medidas preventivas continua sendo essencial para proteger a saúde da população.

O Alto Acre

Últimas