26 fevereiro 2024

“Vamos construir um ensino médio conectado com as necessidade da sociedade”, diz Socorro Neri em seminário

Assessoria

Date:

A deputada federal Socorro Neri coordenou nesta sexta-feira, 11,no auditório da Secretaria Estado de Educação e Cultura (SEE), um seminário para debater o Novo Ensino Médio no Acre e no Brasil. O seminário é resultante de requerimento de autoria da deputada, aprovado na Comissão de Educação da Câmara dos Deputados, e reuniu especialistas, educadores, gestores escolares, estudantes ,membros da sociedade e representantes do Governo para, num esforço conjunto, fortalecer e aprimorar a educação do ensino médio.

O evento integrou a programação da II Jornada Pedagógica, promovida pela Secretaria de Educação, e juntou integrantes da SEE de todos os municípios. “O Novo Ensino Médio é uma oportunidade única para transformarmos a educação no Brasil”, garantiu a parlamentar, que acredita que essa reforma vai preparar os estudantes de forma mais adequada para os desafios do Sec. XXI.

Os resultados do seminário serão sistematizados e encaminhados ao Ministério da Educação e à Comissão de Educação, na qual ela é a 1ª vice-presidente. “Essa nova legislação foi um marco na história da Educação brasileira”.

Em seu pronunciamento, Socorro Neri destacou, dentre as principais mudanças do Novo Ensino Médio, a flexibilização curricular que permite aos alunos a escolha de itinerários formativos, de acordo com seus projetos de vida. Além disto, segundo a parlamentar acreana, a extensão da carga horária contribui com a inclusão de atividades extracurriculares ,o aprofundamento de áreas específicas e estímulo à prática de habilidades socioemocionais.

“Queremos, assim, contribuir para uma formação crítica e criativa de estudantes aptos a enfrentar o mundo real, levando-se em consideração as diferentes habilidades e vocações dos alunos”, pontuou.

*Debate democrático e construtivo*

A parlamentar, em seu discurso, exortou os presentes a aproveitar o seminário como um espaço de troca de ideias e construção coletiva do futuro do ensino médio, ouvindo atentamente diferentes vozes, a fim de evitar medidas arbitrárias e/ou descontextualizadas.

A reforma educacional, conforme a deputada, busca uma formação mais flexível, contextualizada e integral, visando preparar os estudantes para os desafios do mundo contemporâneo. “Que nossos debates sejam profícuos. Juntos podemos construir um futuro brilhante para nossos jovens”, concluiu em sua fala aos presentes.

Últimas