29 fevereiro 2024

Prefeitura assina novo contrato emergencial com a Ricco até fevereiro do ano que vem

Redação Folha do Acre

Date:

Em dezembro do ano passado, a prefeitura de Rio Branco anunciou que o envio do processo licitatório para a contratação do serviço de transporte público na capital acreana.

Passados oito meses, nada do processo licitatório acontecer. Na edição desta terça-feira, 29, do Diário Oficial, a Prefeitura de Rio Branco, por meio da Superintendência de Trânsito, RBTrans, publicou a assinatura de mais um contrato emergencial com a empresa Ricco.

Conforme a prefeitura, a nova contratação se justifica por conta do decreto emergencial que aplicou a penalidade administrativa de caducidade nos contratos de concessão em junho do ano passado.

São mais de 50 ônibus para atender cerca de 30 linhas na capital acreana.

O ac24horas conversou com o superintendente da RBTrans, Benício Dias, que explicou o atraso na licitação, que após o fim do contrato emergencial vai durar 1 ano e 2 meses. “Nós iniciamos uma licitação para contratar uma empresa especializada em licitação de ônibus, porque essa licitação não é qualquer uma, precisa de gente especializada. Tem todo o trâmite burocrático e você sabe que uma licitação mais simples que seja, dura 6 meses”, afirma Benício.

O gestor da RBTrans afirma ainda que, apesar do atraso de 8 meses, não considera grande o prazo já que se trata de uma licitação complexa. “O nosso processo licitatório já saiu da PGM para a RBTrans aprovado, vamos mandar até quinta para a CPL para os ajustes finais. Acredito que estamos dentro de um prazo razoável para colocar a licitação na rua o mais breve possível”, afirma Benício.

A passagem de ônibus na capital acreana custa, atualmente, R$ 3,50.

Ac24horas

Últimas