26 fevereiro 2024

Estado mantém serviços de assistência e segurança em área do Irineu Serra

Assessoria

Date:

Após o cumprimento da ordem judicial de reintegração em ocupação no Bairro Irineu Serra, o governo do Estado realiza operação integrada entre segurança, saúde e assistência social para garantir apoio à população do local.

Na manhã desta quarta-feira, 16, as forças do Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Civil e Polícia Militar reforçam o policiamento e segurança do local, enquanto as famílias retiram os bens e desocupam o espaço.

Um ônibus da Secretaria da Mulher está sendo utilizado pela Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos (Seasd) para o atendimento e cadastramento das famílias para inscrição no aluguel social.

“Temos uma equipe com dez assistentes sociais e equipe de apoio atendendo às pessoas da ocupação. Nesse primeiro momento é necessário apenas o RG e CPF para que essas pessoas possam ser inseridas no projeto social. Além disso, quem precisa também recebe o suporte de caminhões de frete para fazer o transporte dos bens”, disse a chefe do Departamento de Assistência Social da Seasdh, Nágila Rocha.

O governo disponibilizou também viaturas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para atender ocorrências e uma equipe dos bombeiros com caminhão anti-incêndio.

“Cumprindo a ordem emitida pelo Poder Judiciário, nossa operação tem uma estimativa de sete dias, sempre garantindo e resguardando a integridade física das pessoas e dos servidores do Estado aqui presentes”, observou a coronel Marta Renata Freitas, responsável pela operação da segurança pública na ocupação.

O benefício do aluguel social é uma opção que está sendo oferecida a todas as famílias retiradas das terras ocupadas irregularmente. Para essa opção e também para as que optam por ir para casa de parentes, o Estado oferece transporte para o deslocamento de pessoas e pertences. Outra opção oferecida pelo governo do Estado foi o espaço do Parque de Exposições, que foi preparado para abrigar famílias. Apenas uma família solicitou ser abrigada no parque até o momento.

 

Últimas