16 julho 2024

Valor das exportações no Acre caiu quase 50% e atingiu o menor patamar desde 2018

Redação Folha do Acre

Date:

 

Os números do comércio exterior do Acre de janeiro de 2023 foram divulgados, no início deste mês, pela Secretaria de Comércio Exterior, ligada ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. No mês, o Acre exportou US$ 2,280 milhões e importou, US$ 324 mil, resultando em um saldo na balança comercial de US$ 1,955 milhão. Com o resultado de janeiro, o saldo da balança comercial do Acre ficou 53% abaixo do saldo de janeiro de 2022 (US$ 4,156 milhões).

É o pior janeiro desde 2018, conforme pode ser observado no gráfico a seguir. Em relação a 2018, a queda é de 48,2%. Já em relação ao ano passado (2022), a queda foi mais acentuada e alcançou 49,9%. Mais de US$ 1,953 milhão.

No mês de janeiro, as exportações de soja e de milho são diminutas. Suas maiores expressividades ocorrem entre os meses de março a junho. Como o IBGE calcula um aumento significativo na previsão da safra de 2023, 66,4% para a soja e 3,4% para o milho, espera-se para o ano um aumento desse grupo na pauta das exportações, superando os US$ 17,9 milhões ocorridos em 2022.

Em relação ao ano passado, uma queda significativa nas exportações de madeiras e derivados, foram quase 65% de queda em janeiro de 2023 em relação a 2022. O Grupo representou 32,3% de tudo o que o Acre exportou no ano passado. Nosso parque industrial florestal é muito forte. A sua performance em 2023 vai depender das maiores restrições na fiscalização, através da política de desmatamento zero na Amazônia, que pode impactar negativamente na oferta de matéria-prima para o setor.

Últimas