25 maio 2024

Parlamentar que ameaçou ‘quebrar’ vereadora é indiciado por violência política contra a mulher

Redação Folha do Acre

Date:

 

O caso aconteceu no dia 27 de janeiro e inquérito foi encaminhado ao Judiciário nesta terça-feira (7). Vereador diz que não se desculpou e que está “com consciência tranquila’.

O vereador Gilvan Souza (PCdoB) foi indiciado por violência política contra a mulher após ofender de forma machista e proferir ameaças contra a parlamentar Eliane Abreu (PP) durante uma sessão extraordinária na Câmara do Bujari, no interior do Acre, no último dia 27. Na época, segundo Eliane, o colega parlamentar chegou a dizer que a agrediria.

A parlamentar afirma que, durante a discussão de um projeto que retiraria o pagamento de gratificação a servidores municipais, ao qual ela era contrária, Gilvan Souza teria iniciado as ofensas. A parlamentar tentou contra-argumentar e a discussão seguiu até o momento que o vereador partiu para agressão verbal.

“Eu tentei com argumentos técnicos, mas não adiantou, ele dava socos na mesa. Depois de muitos socos na mesa, palavras de baixo calão e intimidação, ele partiu pra agressão e disse: ‘eu vou te quebrar’”, relatou a vereadora.

Segundo Eliane Abreu, o parlamentar apresentava sinais de embriaguez e só não conseguiu efetuar as agressões físicas porque foi contido por outro colega. Ela fez um boletim de ocorrência tanto na cidade do Bujari , como na especializada em Rio Branco.

Com informações G1

Últimas