16 junho 2024

PF deflagra operação contra crime eleitoral no Acre; investigados podem pegar até 10 anos de prisão

Assessoria

Date:

A Polícia Federal deflagrou na manhã de hoje, 31/01/2023, a operação Hermes, cuja finalidade é investigar crimes eleitorais.

Segundo as investigações, candidatos a cargos políticos estariam usando uma gráfica da cidade de Cruzeiro do Sul/AC, para fraudar as prestações de contas eleitorais e desviar dinheiro do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (Fundo Eleitoral). A investigação foi iniciada a partir de informações recebidas pela Polícia Federal, por ocasião do período eleitoral de 2022.

Durante a operação, foram mobilizados 12 Policiais Federais que cumpriram 3 mandados de busca e apreensão.

O nome da operação se dá em virtude de Hermes, na mitologia grega, ser o Deus da escrita, responsável por enviar mensagens dos deuses para os humanos. Durante o pleito eleitoral, partidos políticos e candidatos usavam dos serviços gráficos para transmitir suas promessas por meio de “santinhos” e outros materiais de campanha impressos.

Os investigados poderão responder por crimes eleitorais e lavagem de dinheiro, cujas penas podem ultrapassar 10 anos de prisão, caso sejam comprovados os ilícitos.

Últimas