quarta-feira, agosto 10, 2022
26.3 C
Rio Branco
quarta-feira 10 agosto 2022

Com 85% da floresta preservada, Acre apresenta grande potencial para o mercado de crédito de carbono

POR Redação

A 47ª Expoacre reúne os diversos setores produtivos do Acre e já durante os primeiros dias de feira vem proporcionando variadas oportunidades de negócios. Uma das novidades de 2022 está relacionada à valorização da floresta em pé e ao desenvolvimento sustentável da Amazônia: o mercado de crédito de carbono.

O relatório de desmatamento 2020-2021 da Secretaria de Meio Ambiente e Políticas Indígenas (Semapi) mostra que 85% do território acreano é coberto por floresta. Segundo o empresário David Escaquete, um dos proprietários da BRCarbon, empresa que atua no mercado de crédito de carbono em todo o Brasil e que este ano participa da Expoacre, é possível ganhar dinheiro com a floresta.

O conceito dos créditos de carbono é simples: são certificados que comprovam que uma tonelada de CO2 deixou de ser emitida na atmosfera. Por compensar impactos ambientais, o crédito pode ser comercializado. Mas, para que isso aconteça, todo um estudo inicial e desenvolvimento do projeto devem ser feitos.

“A BRCarbon foi criada para oportunizar ao proprietário rural ganhar dinheiro com a floresta em pé. Para que o proprietário pudesse, entre outras atividades que ele desenvolve, ganhar dinheiro conservando a floresta”, explica Escaquete.

A empresa atua com elaboração de projetos para grandes e pequenas propriedades. Ainda segundo o empresário, apresentar as atividades desenvolvidas pela empresa na edição de 2022 da Expoacre ofereceu grandes oportunidades de negócios, e o Acre é uma das grandes apostas da empresa.

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img