sexta-feira, agosto 19, 2022
21.3 C
Rio Branco
sexta-feira 19 agosto 2022

Cadeirante monitorado por tornozeleira é assassinado com nove tiros em frente de casa

POR Redação

Kenderson Souza Araújo morreu no hospital de Brasileia após ser baleado em frente de casa, no bairro Eldorado. Crime ocorreu na última sexta-feira (29).

O cadeirante Kenderson Souza Araújo, de 33 anos, foi assassinado com pelo menos nove tiros na sexta-feira (29) no bairro Eldorado, em Brasileia, interior do Acre. Araújo era monitorado por uma tornozeleira eletrônica. Ele estava sentado em frente de casa quando dois homens chegaram em uma motocicleta e o garupa atirou na vítima.

A Polícia Militar da cidade informou que Araújo já tinha sido levado para o hospital quando a equipe chegou. No local foram achadas cápsulas de pistola 9 milímetros.

Araújo chegou a receber atendimento médico, mas morreu ainda na unidade de saúde. Ainda conforme a PM-AC, o cadeirante foi atingido com cinco tiros no tórax, dois no braço, um na coxa e um tiro no abdômen.

A polícia afirmou que foram feitas rondas pela região, mas nenhum suspeito do crime foi preso até a manhã este domingo (31). A Polícia Civil investiga o crime.

G1

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img