domingo, agosto 14, 2022
21.3 C
Rio Branco
domingo 14 agosto 2022

Conselho de Consumidores empossa novos conselheiros e reelege radialista Ivan de Carvalho na presidência pelos próximos 2 anos

POR Redação

O radialista Ivan de Carvalho, foi reeleito, em cerimônia realizada na tarde desta sexta-feira, 1°, na sede da Energisa, presidente do Conselho de Consumidor de Energia do Acre – pelo biênio 2023/2024.

O renomado profissional da comunicação do Estado do Acre acabou vencendo a disputa eleitoral por 3 votos favoráveis – desbancado a chapa de Jurilande Aragão. Segundo o presidente, o principal objetivo na condução do cargo será buscar melhorias na área de energia elétrica em prol dos consumidores. “A eficiência energética é feita pelas distribuidoras. Além da geladeira, estamos propondo que a empresa adote o kit instalação que é uma fiação nova nas residências de baixa renda, residencial e rural. Estamos há dois anos com essa probabilidade”, declarou.

Sensível às pautas da categoria, Carvalho garantiu que deverá buscar alternativas que possibilitem a iluminação nas áreas rurais.

Durante o encontro, Marcos Cabeça foi empossado representante titular da classe rural pela Federação dos Trabalhadores Rurais do Estado do Acre (Fetac).

A solenidade contou com a presença do diretor da Energisa, Ricardo Xavier. Na ocasião, o conselho promoveu homenagem a Maria Elza – que fez parte do conselho de energia elétrica por mais de 8 anos, representando os interesses da classe rural. “Ela deixa o cargo para que a Funtac assuma a pasta”, argumentou.

O que é Conselho de Energia Elétrica

Os Conselhos de Consumidores de Energia Elétrica foram criados pela Lei nº 8.631/1993, que determinou às concessionárias de serviço público criar no âmbito de sua área de concessão as referidas entidades participativas. O Decreto nº 2335/97 definiu que competia à ANEEL estimular a organização desses Conselhos.

Os Conselhos de Consumidores de Energia Elétrica são órgãos sem personalidade jurídica, de caráter consultivo, formado por representantes das principais classes das unidades consumidoras (residencial, rural, poder público, comercial e industrial), com a incumbência de opinar sobre assuntos relacionados à prestação do serviço público de energia elétrica, conforme definido pela ANEEL na Resolução nº 963/2021.

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img