quarta-feira, junho 29, 2022
27.3 C
Rio Branco
quarta-feira 29 junho 2022

Polícia Federal fecha o cerco contra membros de facção em Rio Branco e Plácido de Castro

POR Assessoria

A Força-Tarefa de Segurança Pública no Acre deflagrou nesta quinta-feira, 09/06/2022, a Operação Policial “Fronteira Fechada II”, para reprimir crimes de integrar organização criminosa e tráfico de drogas praticados por membros de determinada organização criminosa.

Na ação 80 policiais cumpriram 28 (vinte e oito) mandados judiciais nas cidades de Plácido de Castro/AC e Rio Branco/AC, bem como no sistema prisional desta capital, dos quais 10 (dez) são de prisão preventiva e 18 (dezoito) de busca e apreensão.

Durante as investigações, que iniciaram em março de 2021, após a deflagração da Operação Fronteira Fechada I, a Força-Tarefa detectou novas lideranças da organização criminosa em atuação na cidade de Plácido de Castro/Ac. Ademais, foi possível identificar que a maior parte dos diversos pontos de comercialização de entorpecentes naquele município são gerenciadas por essa ORCRIM.

Os envolvidos responderão pelos crimes de integrar organização criminosa armada, previsto no Art. 2º, §º 2º, § 4º, inciso I, da Lei n. 12.850/2013, tráfico de drogas e associação para o tráfico, previsto no Art. 33, “caput”, bem como Art. 35 todos da lei 11.343/2006.

A investigação conduzida pela Força-Tarefa de Segurança Pública, composta por Policiais Federais, Civis e Militares, foi denominada de “Fronteira Fechada II” – em alusão a cidade de Plácido de Castro/AC, por ser local estratégico e fronteiriço ao país vizinho, BOLÍVIA, em que reside a maior parte dos investigados.

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img