quarta-feira, junho 29, 2022
32.3 C
Rio Branco
quarta-feira 29 junho 2022

Menino de 12 anos morre soterrado durante brincadeira no Acre

POR Redação

Caso ocorreu nesse domingo (12) em Tarauacá, no interior do Acre. Bombeiros e moradores conseguiram tirar menino do local e ainda levaram ao hospital da cidade, mas ele não resistiu e morreu.

O pequeno Lucas Mesquita da Silva, de 12 anos, morreu soterrado nesse domingo (12) durante uma brincadeira em um barreiro – local usado para extração de areia – no bairro Ipepaconha, em Tarauacá, interior do Acre. O Corpo de Bombeiros foi acionado para fazer o resgate do menino.

Um vídeo gravado por moradora mostra o momento em que os bombeiros e populares tentam retirar menino debaixo do bloco de terra. (Veja acima)

Conforme os bombeiros, o menino estava brincando com outras crianças no local que tinha um barranco de cerca de 3 metros de altura, quando decidiu se esconder em um buraco e um bloco de areia acabou desmoronando sobre ele. Além da areia, uma parte de barro rígido no formato de uma grande pedra soterrou o menino.

Com a ajuda de populares, os bombeiros conseguiram retirar o bloco de barro com o auxílio de um cabo amarrado à viatura. Em seguida, eles escavaram com pá e enxada o local até localizar Lucas, que estava sentado.

O menino ainda apresentava sinais vitais mínimos e foi levado às pressas até o hospital da cidade, mas não resistiu e morreu na sala de emergência da unidade. Entre as causas da morte apontadas pela equipe médica estão a possibilidade de trauma na cervical, trauma por esmagamento do tórax ou asfixia por esmagamento.

O secretário de Obras do município, Rosenir Artêmio, disse que o local é de propriedade do Exército Brasileiro e que é usado pela prefeitura para extração de areia e terra que são usados em obras pelas ruas da cidade. Segundo ele, há ainda um projeto em andamento para tornar o local um parque. O g1 fez contato com o Exército para saber sobre a situação da área e aguarda resposta.

“Lá tem um morro de barro e estamos fazendo apenas a regularização da terra, temos autorização do Exército para fazer a retirada do solo e como estamos retirando, aproveitamos em outros locais”, disse Artêmio.

Ainda conforme o secretário, o local não tem sinalização de risco, uma vez que não era esperado que podia ocorrer esse tipo de situação, mas que com a ocorrência deste final de semana, deve ser instalada uma placa de alerta.

G1

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img