terça-feira, maio 17, 2022
21.3 C
Rio Branco
terça-feira 17 maio 2022

Sem acordo, médicos da rede estadual continuarão em greve

POR Assessoria

Os médicos decidiram manter a greve por tempo indeterminado e aprovaram ainda a adesão dos profissionais provisórios e os contratados por meio do antigo Pró-Saúde, atual Igesac. O fortalecimento de toda a mobilização foi votado em assembleia geral extraordinária realizada na noite de terça-feira, 05.

A paralisação seguirá sem movimento de rua, aguardando o governo do estado atender todas as demandas da classe. O Sindicato dos Médicos do Acre (Sindmed-AC) informa que os serviços essenciais inadiáveis serão mantidos, como as urgências, emergências, pacientes já internados e Covid-19.

“Nosso ato é legítimo e buscaremos o cumprimento de todos acordos firmados em junho de 2021. A saúde necessita de atenção, de reconhecimento e valorização, principalmente neste período de pandemia, em que todos os trabalhadores mostraram a importância da saúde pública, salvando vidas”, explicou o presidente do Sindmed-AC, Guilherme Pulici.

Desde o dia 8 de março os médicos estão em greve buscando avanços e melhorias que devem se refletir em atendimento de qualidade para a população.

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img