segunda-feira, maio 16, 2022
24.3 C
Rio Branco
segunda-feira 16 maio 2022

“O Brasil precisa conhecer o Acre”, diz governador durante encerramento de seletiva nacional estudantil, em Rio Branco

POR Agência de Notícias do Acre

Com mais de 300 pessoas envolvidas, vindas de todos os estados da federação brasileira, mais o Distrito Federal (DF), o Acre encerrou neste domingo, 17, a primeira competição seletiva de vôlei de praia estudantil do país.

A disputa foi realizada na Associação Atlética Banco do Brasil (AABB), em Rio Branco e terminou com as duplas vencedoras da série Ouro, tanto da categoria masculina, como da feminina, garantindo vaga na Gymnasiade internacional que acontecerá no mês de maio, em Normandia, na França.

A Gymnasiade é uma espécie de olimpíada estudantil mundial e a seletiva aconteceu simultaneamente entre os dias 15 e 17 de abril, em outros 120 países espalhados pelo mundo. No Brasil, ela foi organizada pela Confederação Brasileira de Desporto Escolar (CBDE), que por meio de uma petição do governador Gladson Cameli, resolveu sediar a Seletiva nacional no estado do Acre.

“Começamos a fazer o processo seletivo em Sergipe e conversando com alguns representantes de Estado, recebemos uma desafio do governador do Acre, que me pediu pra trazer a competição para a região Norte. Aceitamos o desafio e encontramos no estado um ambiente favorável para realizar a competição. Tudo aconteceu como planejado e marcamos história trazendo a primeira seletiva de vôlei de praia escolar do Brasil, para o Acre”, explicou o presidente da Confederação Brasileira de Desporto Escolar (CBDE), Antônio Hora.

Na categoria masculina, a dupla classificada para participar da Gymnasiade na França, representa o estado do Paraná e da categoria feminina, o estado da Paraíba. Apesar de não estar entre os vencedores desta seletiva, os atletas do Acre foram classificados como a 8ª melhor dupla de vôlei de praia escolar do Brasil, e agora, passa a ser considerada elite entre os atletas de nível nacional.

Com direito a massagem, atendimentos fisioterapicos e de saúde, os atletas vencedores da categoria masculina disseram estar satisfeitos com o resultado da competição. Foram três horas de voo até chegarem ao Acre, cansados, mas não deixaram a desejar na disputa, vencendo a dupla rival no último sete do jogo, de virada.

“A expectativa é fazer bonito também nos jogos da França. Nos preparamos para essa seletiva desde o começo do ano e estamos felizes com o resultado. Esperamos saber representar nosso país lá fora e quem sabe seguirmos carreira participando não só de competições como esta, mas também de verdadeiros jogos olímpicos mundiais”, finalizou a o atleta estudantil pelo estado do Paraná, Henrique Camboim.

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img