domingo, maio 22, 2022
32.3 C
Rio Branco
domingo 22 maio 2022

Claudio Taffarel é um dos goleiros brasileiros mais confiáveis

POR Redação Folha do Acre

A seleção brasileira sempre foi famosa por seu brilhante jogo ofensivo. É graças a esta equipe que ela ganhou seus principais troféus. A propósito, agora meus resultados hoje ao vivo de partidas com sua participação é fácil de descobrir no site de estatísticas esportivas.

Na história da seleção brasileira, não havia apenas jogadores ofensivos brilhantes. Entre as estrelas da defesa, vale a pena mencionar Cláudio Taffarel. Foi este goleiro quem mais jogou pela seleção entre os goleiros. Taffarel jogou 101 partidas e foi um goleiro indispensável para a Seleção durante 10 anos.

O goleiro fez sua estreia na seleção nacional em 1988, quando tinha 22 anos. Logo ele se tornou o goleiro principal. Foi com Taffarell no plantel que o Brasil recuperou seu status de potência global. O principal sucesso do goleiro com a seleção nacional foi a conquista da Copa do Mundo de 1994. Nos jogos decisivos e na partida final, o goleiro não decepcionou. Sua confiança foi transmitida para os outros jogadores.

Taffarel terminou sua carreira com a equipe nacional em 1998. Sua última partida foi a final da Copa do Mundo. Nela, os brasileiros perderam para a França de forma retumbante. Embora o goleiro não fosse o culpado pelos gols sofridos, ele sabia que tinha que dar uma chance à nova geração. O próprio goleiro preferiu se concentrar nas atuações em nível de clube.

Quais são os pontos fortes da Taffarel?

Os goleiros do Brasil eram raramente conhecidos por sua confiabilidade e estabilidade. Entretanto, este era o caso antes da Taffarel. Ele se revelou um goleiro atípico que transmitia sua confiança aos seus companheiros de equipe. A propósito, para meus resultados hoje da equipe nacional brasileira você pode assistir ao vivo.

Entre as fortes qualidades do goleiro brasileiro estão:

1. Ele tinha um bom jogo de saída. Graças a isso, ele interrompeu regularmente passes e chutes que iam para sua área de pênalti.

2. Excelente reação. Taffarel “rebolava” facilmente, mesmo chutes muito difíceis. Ele podia rapidamente se reagrupar e salvar a equipe. Sua brilhante reação salvou repetidamente os brasileiros de sofrerem gols.

3. Habilidade de tomar a posição certa no gol. Por exemplo, é importante para chutes de escanteio, pois mesmo chutes de curta distância não se tornaram um problema para o goleiro.

Taffarel terminou sua carreira com a seleção nacional quando tinha apenas 32 anos. Essa é uma idade bastante jovem para um goleiro. Mas ele deixou para trás grandes lembranças e troféus ganhos. Foi sua confiabilidade e confiança que permitiu que o Brasil se tornasse novamente uma grandeza. Quando Taffarel estava no plantel, os adversários sabiam que o “Seleção” não só tinha um grande ataque, mas também uma defesa confiável, o que é extremamente difícil de ser penetrado.

 

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img