“Vão rodar todos”, diz Gladson sobre petistas que ainda trabalham no governo

0
Gladson Cameli fala sobre nomeações de petistas no governo/Foto: Folha do Acre

Em entrevista concedida na sede da Associação dos Municípios do Acre (AMAC), logo após um discurso de unidade entre prefeitos do Acre em prol do desenvolvimento do estado, o governador Gladson Cameli (PP) afirmou que mantém firme sua decisão de que o quadro pessoal de quem compõem seu governo não seja ligado ao Partido dos Trabalhadores.

Cameli afirmou que as pessoas ligadas ao PT que estão em sua gestão é em caráter provisório e garantiu que irão “rodar todos os petistas” assim que sua equipe definitiva for anunciada.

O governador diz que por enquanto as nomeações definitivas não são sua prioridade, haja vista que o governo enfrenta problemas emergenciais.

“Meu gabinete está sem telefone, roubaram os fios de internet, não tem ar condicionado. Estamos com os hospitais sem remédio, produtores isolados por conta da falta de trafegabilidade e tudo isso me preocupa muito de imediato. As pessoas estão se preocupando cedo demais com as nomeações, iremos resolver e priorizar quem nos ajudou”, diz.

Gladson falou da responsabilidade que as urnas lhe conferiram e salientou que o Acre vive um novo momento na política.

“Eu disse que governaria para todos, estamos e um novo momento político. Este é o recado das ruas. Quem não entendeu pode pegar suas trouxas e ir embora”, diz.

A declaração de Gladson veio horas após ter vazado um áudio onde ele determina aos secretários que suspendam as nomeações de petistas por não aguentar mais ser questionado por aliados a respeito do assunto.

Comentários

comentários