Sob protesto, vereadores aprovam empréstimo de R$ 48 milhões para gastar com lâmpadas em Rio Branco

0

Aprovado por 12 votos a três o projeto de lei de autoria da Prefeitura de Rio Branco que solicitava aprovação para a contratação de um empréstimo no valor de R$ 48 milhões de reais para a compra e a instalação de lâmpadas de Led para a capital acreana.

O projeto que autoriza o Executivo a contrair o empréstimo milionário foi aprovado às 17 horas de quinta-feira (11) às vésperas do recesso parlamentar. Antes de aprovarem o projeto, os vereadores travaram intenso debate acerca do projeto e os vereadores João Marcus Luz (MDB), N. Lima ( PSL) e Emerson Jarude (sem partido) se posicionaram contrários.

Jarude afirmou que considera o valor muito alto, R$ 48 milhões para serem usados para as instalações das lâmpadas de led e chegou a comparar com a colocação de luzes em Belo Horizonte que custou bem mais barato do que a orçada pela Prefeitura de Rio Branco.

“Belo Horizonte fez 91 mil pontos por R$ 50 milhões e a prefeitura daqui quer fazer 50 mil pontos por R$ 48 milhões. Cada ponto de iluminação lá ficou por cerca de R$ 550 reais e aqui vai custar R$ 1.250,00”, diz.

O vereador N. Lima afirmou que é a favor que Rio Branco seja iluminada, mas não aprova o projeto por considerar o valor exorbitante e por entender que existem outras prioridades para os rio-branquenses.

“Aprovar isso será dar um cheque em branco para a prefeita que sequer vai estar no cargo quando chegar a hora dos rio-branquenses pagarem essa fatura”, diz.

Para o líder da prefeita nã Câmara, Rodrigo Forneck, a aprovação se justifica pelo benefício que trata para a capital. “Serão ruas iluminadas e isso ajuda até na segurança”, diz.

Comentários

comentários