Sem quórum, Aleac sequer abre os trabalhos e sessão de quinta-feira é cancelada

0

A ressaca da última eleição parece ainda estar contaminando os deputados estaduais, os quais têm evitado comparecer à Assembleia Legislativa do Estado Acre (Aleac). Nessa quinta-feira apesar de alguns deputados estarem na casa, não compareceram ao plenário os cinco deputados necessários para abrirem a sessão no horário regimental.

No primeiro momento, apenas o presidente da Aleac, Ney Amorim, o petista Daniel Zen, o comunista Jenilson Leite e o medebista Chagas Romão. Após constatada a falta de quórum, chegaram os deputados Nélson Sales (PP), Eliane Sinhasique (MDB) e Luiz Gonzaga (PSDB). Mas não havia mais tempo para a abertura dos trabalhos.

Comissões paradas

Enquanto os deputados permanecem sob o efeito das urnas, Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) ainda está tramitando a passos lentos nas comissões, bem como outras medidas menos importantes.

Por outro lado, a Comissão Parlamentar de inquérito que investiga supostos erros e desvios na Secretaria de Habitação (Sehab) encontra-se apenas esperando o seu desfecho. Presidida pelo petista Lourival Marques (não reeleito) e relatada pelo deputado Raimundinho da Saúde (Podemos, outro não reeleito), parece ser mais uma investigação a ser encerrada sem conclusão alguma.

Comentários

comentários