Raimundinho defende convocação para Anssau se explicar e dizer o porquê do mau atendimento em CZS

0

O deputado Raimundinho da Saúde (Podemos) defendeu no plenário da Assembleia Legislativa do Estado Acre (Aleac) a convocação da Associação Nossa Senhora da Saúde (Anssau) para obrigar a instituição a prestar contas para o poder legislativo. O deputado ainda solicitou alteração na legislação da Aleac para que as convocações futuras tornem obrigatória as presenças.

“A ação da Anssau já ultrapassou o limite do sustentável é um absurdo o que está ocorrendo. O hospital deveria atender a região toda, inclusive pessoas vindas do Peru e do Amazonas. Deveria, mas não é o que acontece, pois não atende”, destacou o deputado.

Raimundinho o governador disse, em reunião realizada ontem (12), que não há dividas do Estado com a empresa terceirizada e que a Anssau foi quem realizou despesas fora do contrato.

“Mas o caso não se limita a isso, pois também está havendo um desrespeito a este parlamento quando se convida para uma audiência pública e o órgão não comparece. Foi isso que a Secretaria de Saúde do Estado do Acre (Sesacre) e Anssau fizeram ao não comparecerem”, comentou.

O parlamentar disse apoiar o requerimento de que a Anssau e a Sesacre sejam convocadas para se explicar e, com isso, seja possível dar um retorno aos servidores que estão em greve. “O movimento dos servidores já se aproxima dos 20 dias e isso trás graves prejuízos à população, precisando ser esclarecida a questão”, complementou.

Comentários

comentários