“Quem tem aliados que agem desta forma não precisa de inimigos”, diz Gladson sobre Petecão

O pano de fundo desta briga entre governador e senador vem sendo tecida há muito tempo em grupos de WhatsApp

0

Parece que vai longe a falta de entendimento entre o senador Sérgio Petecão (PSD) e o governador Gladson Cameli (PP) com relação à segurança pública do Acre. Na manhã desta segunda-feira (9), em entrevista à Folha do Acre, o senador Petecão afirmou que não necessitava aquele monte de assinaturas para repudiar suas declarações de que os bairros estão tomados pelo crime. Em contrapartida, na mesma manhã, o governador Cameli afirmou à reportagem que quem tem aliados que agem desta forma não precisa de inimigos.

O pano de fundo desta briga entre governador e senador vem sendo tecida há muito tempo em grupos de WhatsApp onde os apoiadores de Petecão praticamente o lançaram, antecipadamente, ao cargo de governador na próxima eleição, para ira dos apoiadores do atual governador, Gladson Cameli.

O estopim para que o assunto viesse a público foi uma declaração dada à imprensa pelo senador Petecão de que dá medo entrar em alguns bairros de Rio Branco como se fazia antigamente. A cúpula da Segurança Pública do Acre não digeriu bem e emitiu uma nota onde enaltece os feitos da segurança e critica Petecão por não ter destinado emendas. A nota tem 8 assinaturas de líderes da segurança, indo de Paulo Cesar, secretário Estadual de Segurança Pública, até Rogério de Oliveira Silva, diretor presidente do ISE.

Na declaração dada esta manhã, Gladson Cameli resolveu relembrar a falta de emendas para a segurança que deveriam ser destinadas por parte de Petecão.

“Quanto o senador Petecão garantiu de emenda parlamentar para ajudar a Segurança Pública do Acre?”, questiona o governador.

Comentários

comentários