Petista diz que violência não é culpa do governo e não é hora de testar Gladson

0
Vereador Jakson Ramos (PT)

O vereador do PT na Câmara Municipal de Rio Branco, Jakson Ramos, usou a tribuna para defender o projeto da Frente Popular, e chegou a dizer que o problema da violência que atinge o Acre não é culpa do governo petista e que não é hora de testar Gladson Cameli (PP) como candidato ao governo, pois segundo ele, o progressita nunca foi testado como gestor.

Jakson fez uma defesa ferrenha do projeto da Frente Popular, grupo liderado pelo PT que governa o Acre há 18 anos. “Nossos polícias são as que são mais bem pagas, são policiais comprometidos. O problema aqui é a guerra das facções que se instalou aqui com a abertura de nossas fronteiras”, diz.

Ao falar em mortes, nas execuções que acontecem no Acre, o vereador fez uma espécie de comparativo com as mortes que aconteciam antes, que, segundo ele, eram por péssimos serviços na área de saúde.

“Não podemos esquecer aqui tudo que já foi feito, dos avanços trazidos pela Frente Popular. Temos que lembrar que antes perdíamos vidas porque não tínhamos alguns serviços de saúde no Acre e nessa área avançamos muito”, diz.

Segundo Jakson Ramos, a Frente Popular investiu em saúde e afirmou que o Acre oferece excecelentes serviços na área médica, embora haja centenas de denúncias de descasos.

“Temos serviços bons de UTI, serviços como Unacon que dá atendimento de qualidade aos que estão com câncer, temos construção de novos hospitais como o do idoso, o de Brasiléia”, diz.

Por fim, o vereador petista criticou de forma indireta o candidato ao governo pelo PP, Gladson Cameli, e afirmou que o progressista não tem experiência como gestor.

“Marcus Alexandre tem experiência na Seplan, no Deracre, na prefeitura, mas do outro lado temos candidatos que não estão preparados, que não foi preparado para o Executivo”, diz.

Jakson citou, ainda, o escândalo financeiro que abalou o Acre na década de 1990, a conta fantasma Flávio Nogueira.

“Não é o momento de fazer teste. Não esqueçam da conta Flávio Nogueira, que faliram o Banacre, deixam as pessoas morrerem nas filas dos hospitais. Um abraço e um beijo no coração”, finalizou.

Jakson foi rebatido pelo vereador Roberto Duarte que fez questão de frisar que Flaviano Melo foi inocentado no escândalo da Flavio Nogueira. Lene Petecão criticou Jakson por dizer que a culpa da violência é das facções. “Nem todo mundo que morre é membro da facção. São 20 anos que esse povo do PT mente. O vereador deveria ter vergonha desse discurso”, diz.

Comentários

comentários