Petista diz que ninguém quer comprar camisa da seleção porque virou sinônimo de golpe

0

O deputado federal Leo de Brito (PT/AC) usou as redes sociais para tecer comentários sobre uma reportagem do jornal Folha de São Paulo que revela que o consumo de itens ligados à Copa do Mundo será menor por parte dos brasileios comparados a países como Estados Unidos e China, segundo pesquisa. Leo diz que os brasileiros deixaram de comprar camisas da Seleção Brasileira porque o item se tornou sinônimo de golpe.

Leo se refere aos movimentos que pediam o impeachmente da ex-presidente Dilma, onde os manifestantes combinavam de ir vestidos com a camisa da seleção.

“Também…a amarelinha da seleção virou sinônimo de descrédito e golpe”, escreveu o parlamentar acreano em sua conta no twitter.

Comentários

comentários