“Não quero que a base aliada venha aqui passar a mão na minha cabeça”, diz Gladson

0

O governador do Estado do Acre, Gladson Cameli (PP), afirmou durante a leitura da mensagem governamental realizada na sessão desta terça-feira (5), que marcou o início do trabalho legislativo, que não espera que a base aliada seja cordata com seus atos.

Gladson afirmou que está pronto para receber críticas por que entende que seja esta a forma de fiscalizar sua gestão.

Afirmando que o Acre não aguenta mais esperar por dias melhores, Gladson aguarda que os deputados da sua base de apoio sejam firmes em suas prerrogativas parlamentares.

“Antes de serem a base aliada eles são parlamentes eleitos para trabalharem em favor dos acreanos. Não espero que a base aliada esteja aqui para passar a mão na minha cabeça. Estou pronto para críticas até porque sei que esta é uma boa forma de aprimorar minha gestão. O que precisamos é unir forças para lutar por um Acre melhor e mais forte”, diz.

Comentários

comentários