‘Não podemos aceitar a candidatura de um presidiário’, diz Jarude sobre Lula

0

O vereador do PSL pela Câmara de Rio Branco, Emerson Jarude, criticou durante a sessão de quinta-feira (9) que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso na sede da Polícia Federal, em Curitiba, há 4 meses, seja candidato a Presidência da República, e que ainda haja petistas acreanos pedindo votos para o presidiário.

O vereador fez piada com o lema da campanha de Lula que é “Brasil feliz de novo”. Emerson afirmou que a felicidade do povo brasileiro é Lula pagando por seus supostos crimes. “O único jeito do Brasil voltar a ser feliz é se ele, Lula, for condenado novamente”, diz.

A respeito das pessoas que pedem voto para Lula ser eleito presidente, Emerson diz que estas pessoas estão incentivando o erro.

“Quem pede votos para ele está incentivando esse tipo de ilícito. Eu vi esse homem chegar pobre ao poder e sair rico. Isso causa desânimo nas pessoas de não acreditar na política”, diz.

Mesmo preso, o líder petista foi oficializado candidato pela sigla em evento polêmico. A convenção nacional do PT ocorreu no sábado (4), em São Paulo, oficializando Luiz Inácio Lula da Silva como candidato à Presidência da República. No palco, estavam presentes a presidente do partido, Gleisi Hoffmann, o coordenador de programa da campanha petista, Fernando Haddad, além de integrantes da Executiva Nacional, governadores, senadores e deputados.

Comentários

comentários