Mara Rocha fará audiência pública para discutir implantação do Batalhão de Polícia Rural no Acre

0

A deputada federal Mara Rocha, aprovou requerimento na Comissão de Segurança Pública da Câmara Federal, para a realização de uma audiência pública que irá apresentar aos membros da segurança do Estado do Acre o “Projeto Batalhão de Polícia Rural”, que foi criado no Estado de Goiás e hoje é referência em todo o Brasil no combate a criminalidade na zona rural, contando com Centro de Comando e Controle Rural que monitora em tempo real as fazendas e viaturas da patrulha rural, possibilitando maior agilidade no trabalho através de georreferenciamento, além de visitas dos policiais às propriedades para cadastramento dos produtores, trabalhadores, maquinário, marca de gado e ainda o Disk Denúncia Rural.

Com o tráfico de drogas e a violência chegando ao campo, assim como o aumento do interesse de quadrilhas especializadas em roubo de gado e de maquinário agrícola, se faz necessária a adoção de medidas para garantir a segurança de produtores rurais e das pessoas que moram no campo. A ideia da parlamentar é trazer para o Acre os mentores da Polícia Rural de Goiás para que apresentem os investimentos, tecnologias adotadas e os números da redução da violência no campo após a implantação do mesmo.

Serão convidados para participar da audiência pública, Comando da Policia Militar de Goiás, membros da segurança pública do Acre, produtores rurais e entidades ligadas ao agronegócio.

“Nessa audiência pública vamos mostrar a importância da implantação da Polícia Rural no Acre para desarticular as quadrilhas que agem no campo. Temos que pensar em uma rede de segurança inteligente e eficaz. Chamaremos para participar dessa audiência pública, produtores rurais e as entidades ligadas ao agronegócio, como Fundo para o Desenvolvimento da Pecuária no Acre (Fundepec) e a Federação da Agricultura e Pecuária do Acre que poderão entrar como parceiros do Estado na implantação da Polícia Rural, da mesma forma como aconteceu no Estado de Goiás”, afirmou Mara Rocha.

Assessoria

Comentários

comentários