Jesus Sérgio assume titularidade das Comissões de Desenvolvimento Econômico e da Amazônia

0

O deputado Jesus Sérgio (PDT/AC) foi nomeado titular de duas Comissões na Câmara dos Deputados: a Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e a de Serviços e a de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia. Ele também foi nomeado suplente da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural.

O pedetista promete lutar para promover a igualdade entre as regiões do Brasil, em especial da Região Norte que sofre com a falta de investimentos que promovam o desenvolvimento econômico dos Estados que compõe a Amazônia, em especial o Acre.

“As comissões são de suma importância para o nosso trabalho na Câmara dos Deputados, pois é lá que analisamos todas as propostas para o desenvolvimento do Brasil, e como representante do Acre estarei atento na Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia, para que possamos trabalhar em prol da equidade entre as regiões do Brasil. A Região Norte deve está no mesmo patamar de crescimento das outras regiões do país. E, por fazer parte da Comissão de Desenvolvimento Econômico, estarei também na luta para levar a geração de emprego e renda até o Acre. E, como membro também da Comissão de Agricultura irei defender o envio de recursos para a infraestrutura dos ramais visando o escoamento da produção agrícola do nosso Estado”, ressaltou Jesus Sérgio.

O parlamentar terá muito trabalho à frente das duas Comissões. Na de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços pretende-se discutir e votar propostas sobre a ordem econômica nacional. Na de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia, será debatido a formulação de Políticas Públicas de desenvolvimento e integração das diversas regiões brasileiras, em especial a da Região Norte.

Como titular da Comissão, o parlamentar pretende ainda tratar de assuntos relativos à região amazônica, especialmente sobre integração regional e limites legais; valorização econômica; assuntos indígenas; caça, pesca, desenvolvimento sustentável e integração da região amazônica e incentivo regional da Amazônia, entre outras pautas.

Assessoria

Comentários

comentários