Gladson diz a empresários que demitirá secretário de Meio Ambiente caso crie entraves ao agronegócio

0
Gladson conversa com empresários durante agenda sobre agronegócio/Foto: Assessoria

O governador do Acre, Gladson Cameli (PP), participou de agenda sobre agronegócio com empresários e produtores rurais do Acre e Rondônia na manhã desta quinta-feira (21) no Teatro Hélio Melo, em Rio Branco.

O evento chamado “Acre Rumo às Quatro Safras” faz parte do protocolo de intenções assinado entre os governos de Acre e Rondônia pela parceria no desenvolvimento do agronegócio do estado e principal bandeira de avanço econômico do governo Gladson Cameli.

Durante seu discurso, Cameli garantiu aos empresários, pecuaristas e produtores rurais que o Acre está aberto para o desenvolvimento e que se for preciso demitirá o secretário de Meio Ambiente, Israel Milani, caso ele dificulte os trabalhos do agronegócio no estado.

“Como minha origem vem de empresários, quero dizer, como governador, com cidadão acreano, que o nosso Estado está aberto para o desenvolvimento, para a industrialização, para que nós possamos gerar emprego, gerar renda, dar oportunidade para a nossa juventude, e deixar trabalhar quem quer trabalhar. Eu queria que meu secretário de Meio Ambiente estivesse aqui, mas ele está numa missão fora do Estado. Eu queria dizer que, se ele criasse qualquer entrave que viesse prejudicar quem quer trabalhar, ele ia ser demitido. Aqui nós não precisamos desmatar árvores, não precisamos prejudicar o meio ambiente. É só ter uma política racional, que é a de respeitar o que está no Novo Código Florestal Brasileiro e acabar com a burocracia. Eu não entendo essas dificuldades e às vezes fico incomodado. Não sou o dono da razão”.

Comentários

comentários